a experiência humana só terá sentido se algo para lá do humano vier em nossa ajuda, em nosso socorro. o nosso drama é que a única coisa que desse género ou natureza parece poder vir é a morte, a nossa própria morte.

2 de março de 2007

O optimismo

sinto uma dor na mão. abro-a. está vazia. é essa dor que transporto. o vazio nas minhas mãos e as minhas mãos são os meus sentidos. o meu pensamento fez um cerco ao meu corpo sensível. esvaziou-o de sensações. a guerra e a vingança: os meus sentidos ripostaram apagando a memória. agora é o esquecimento. a inutilidade do pensamento. o optimismo acontece quando o meu corpo se cansa. aí concentra-se unicamente no gesto de abrir a mão.

nessas alturas o meu mundo reconstrói-se.

6 comentários:

  1. li muito do que escreveu. gostei imenso. agradeço-lhe o facto de me ter dado a conhecer este espaço. boa noite e boa continuação. um beijo.

    ResponderEliminar
  2. :o)

    ...

    pela reconstrução.

    ResponderEliminar
  3. Post inspirado e inspirador. Gostei muito.

    ResponderEliminar
  4. Depois de ter terminado com o "Postaias da Novalis" a 5 de Fevereiro, para me dedicar mais à astrologia, tenho aproveitado este tempo para desenvolver mais os conceitos evolutivos dos signos do zodíaco, como base elementar desta nossa reencarnação.

    Aqui fica o convite para conhecer melhor o signo onde está o seu sol de nascimento, assim como o dos seus familiares e amigos.

    Copie-os para o word, para melhor poder reflectir sobre o signo mais importante do seu zodíaco.

    Agradeço comentários no sentido de melhorar os textos, aprofundando-os.

    Um abraço,

    António Rosa

    ResponderEliminar
  5. boa tarde. vim reler. os textos mexem-se quando não está. como se as palavras se movessem quando as leio. aguardo novas publicações. um beijinho.

    ResponderEliminar
  6. caríssimo Joaquim,

    A blogosfera serve também para isto, (re)encontar pessoas. Fiquei contente de te saber activo e sempre ligado ao Teatro. Que tal a peça "Os Gatos"? Não estava cá, senão tinha ido ver. Dá notícias sobre os vossos trabalhos. Nós conhecemo-nos antes do "Fio de Linha", não me recordo bem donde, talvez do tempo do velho CPTIJ. O teu perfil em sombra é bom, ajudou-me logo a reconhecer-te.
    Aparece pelo "funcionamento", vou ver se o reactivo, mas tenho lá muito material guardado. Podes ver também o http://www.camarapoucoclara.blogspot.com/.
    Até breve e um abraço do
    António Ferra
    PS - Não consegui enviar mail para teu endereço sapo

    ResponderEliminar

Arquivo do blogue